Página Inicial | Quem Somos | Serviços | Política de Qualidade | Equipe Técnica | Clientes | Obras Realizadas | Notícias | Contato


Notícias



05.02.14 - Governo do Paraná libera 7 Km de duplicação na BR-277, em Campo Largo

A partir deste domingo (09), os usuários da BR-277 já poderão trafegar pela nova duplicação da rodovia, no trecho de Campo Largo, sentido Curitiba. Neste momento, a liberação acontece nos primeiros sete quilômetros do contorno, que beneficia especialmente o tráfego local e motoristas que precisam fazer o retorno à capital. Também serão abertos acessos por três viadutos – uma trincheira já havia sido liberada. Os trabalhos estão prontos e já o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) fez a liberação.

O trecho faz parte do Contorno de Campo Largo. O contorno é uma parceria do Governo do Paraná com a concessionária RodoNorte, que investe R$ 70 milhões. A obra ficará totalmente pronta em junho deste ano. Já foram concluídos mais de 80% dos trabalhos. “Esta é uma obra importante, que acaba com um gargalo da rodovia, evitando filas em período de safra e retirando o tráfego pesado da região central de Campo Largo”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

O percurso restante da obra inclui quatro quilômetros, uma nova ponte sobre o rio Itaqui e mais uma trincheira – em fase adiantada. Por meio desta interligação, todo o tráfego pesado que hoje atravessa Campo Largo, onde há radares, lombadas, semáforos e um forte conflito com o tráfego urbano, será desviado para fora da cidade.

LOCALIZAÇÃO - A liberação dos primeiros sete quilômetros permite o tráfego no sentido Curitiba e está localizada no bairro Itaqui de Cima (entre a trincheira no Km 121+800, rua Luiz Rivabem) e o Km 115, bairro Rondinha, na saída da cidade. As novas alças dos viadutos dos Kms 118, 116 e 115 também passam a dar acesso à rodovia e à cidade pelas ruas Caetano Munhoz da Rocha, Ema Turner e Natal Pigatto.

OBRA – O contorno de Campo Largo estava previsto no contrato de concessão com a CCR RodoNorte e foi antecipado pelo Governo do Estado, sendo custeada através das tarifas de pedágio. Os investimentos são de R$ 70 milhões na infraestrutura da rodovia, com a construção de 11 quilômetros de novas pistas, duas trincheiras, um viaduto, uma ponte e a modernização de dois viadutos.

No contrato original, a obra estava prevista para ser concluída em 2015 – tendo seu término adiantado em um ano. A obra vai reduzir acidentes na cidade e dar mais fluidez ao tráfego entre o interior e Curitiba, beneficiando diretamente o transporte de produtos de todo o estado em direção ao Porto de Paranaguá.





FONTE: Site DER/PR




21.01.14 - Contorno de Campo Largo já tem 80% dos serviços concluídos

A obra do Contorno de Campo Largo (BR 277), na região Metropolitana de Curitiba, está com 80% dos serviços concluídos. Já estão prontos os 11 quilômetros de duplicação, assim como os viadutos (um novo e outros dois ampliados), os retornos, a ponte e uma trincheira. A segunda trincheira está em construção. A obra é uma parceria do Governo do Paraná com a concessionária RodoNorte, que está investindo R$ 70 milhões.

A obra estava programada para começar apenas em 2017, segundo o contrato de concessão. “O contorno é aguardado há muito tempo pela população da região. Graças ao diálogo entre o governo estadual e a concessionária, conseguimos antecipar esta grande obra”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

O secretário explica que a obra vai agilizar o tráfego da principal ligação entre Curitiba e o interior do Estado, além de aumentar a segurança, o conforto dos usuários, assim como o escoamento dos produtos. “Pelo trecho, passam caminhões que escoam a produção agrícola e industrial paranaense por meio do Porto de Paranaguá”, explica Richa Filho.

Segundo a concessionária, as equipes também estão trabalhando na transposição das pistas antigas para as novas. A previsão é terminar todo o contorno até o final de maio desse ano, para poder liberar o trecho no início de junho.

EMPREGOS E EXPECTATIVA - A construção do contorno criou 1.600 empregos diretos e indiretos, além de gerar expectativa em toda a população da Região Metropolitana de Curitiba. “Estamos esperando há muito tempo pela obra, há dez anos estava prometida. Vai melhorar muito para nós. Acabar com o transtorno que temos aqui”, disse o taxista de Campo Largo, Jobarino Feltrim.

MAIS OBRAS NA RMC – Outra obra já em andamento na Região Metropolitana de Curitiba é a duplicação de 6,5 quilômetros da Rodovia da Uva (PR 417), entre Curitiba e Colombo. Além das pistas duplicadas, serão feitos canteiro central, iluminação, semáforos, calçadas com rampas de acesso e ciclovia. O investimento do governo estadual é de R$ 35 milhões. A duplicação foi iniciada no final de 2013 e a empresa responsável tem 20 meses para concluir a obra.

Até o fim de 2014 serão destinados R$ 420 milhões para a construção de contornos e duplicações na RMC. Entre as obras previstas estão a duplicação da PR 415 (Pinhais/Piraquara); da Rodovia dos Minérios (Curitiba/Rio Branco do Sul) e a pavimentação da PR 092, que liga Cerro Azul e Doutor Ulysses, no Vale do Ribeira.

 
  
FONTE:  Site DER/PR




2012 © Engemin | Rua Rosa Macarini, 557 - Emiliano Perneta - Pinhais - PR, 83324-420 Tel - (041) 3668-1614 | contato@engemin.eng.br | WEBMAIL